17/06/2015

O poder das palavras : Como você diz “não” faz diferença

 

Uma pesquisa publicada no Journal of Consumer Research mostra que simplesmente dizer “não” não é a estratégia mais eficaz. E muito menos dizer: “Eu não posso.” Em vez disso, apenas mudando uma palavra, você pode melhorar drasticamente seus resultados.


A frase mais adequada, de acordo com estudos, é: “Eu não”. O primeiro estudo comparou dois grupos de alunos dizendo “eu não posso” ou “eu não”, quando confrontados com uma tentação, como comer sorvete.


Depois de repetir as frases, ao deixar a sala do estudo, foi oferecido aos alunos um lanche, com duas opções para escolher: uma barra de chocolate ou um alimento saudável. Aqueles que repetiram a frase “Eu não posso” escolheram a barra de chocolate 61% das vezes, contra 36% das vezes no grupo que repetiu a frase “Eu não”. Isso sugere que uma simples mudança de palavras afetou o comportamento, influenciando os alunos a fazer escolhas mais saudáveis.


Outro estudo, ainda mais revelador, envolveu três grupos de mulheres que se propuseram a alcançar um objetivo pró-saúde a longo prazo. As mulheres do primeiro grupo foram orientadas a simplesmente dizer “não” quando se sentissem tentadas a sabotar seu objetivo. O segundo grupo foi orientado a dizer “Eu não posso” e o terceiro grupo a dizer: “Eu não (vou fazer isso)”. Por exemplo, quando as mulheres se sentissem tentadas a comer sorvete, as do primeiro grupo diriam simplesmente “não”, as do segundo grupo diriam “Eu não posso comer sorvete” e as do terceiro grupo diriam “Eu não vou comer sorvete”.


Depois de 10 dias, o número de mulheres que persistiram com seus objetivos foi radicalmente diferente:

No grupo que disse simplesmente “não”: 3 em 10 mulheres persistiram em seus objetivos

No grupo que disse “Eu não posso”: 1 em 10 mulheres persistiram em seus objetivos

No grupo que disse “Eu não (vou fazer isso)”: 8 em 10 mulheres persistiram em seus objetivos


Conclusão: dizer “eu não (vou fazer isso)” lhe confere maior poder e autonomia, enquanto que dizer “eu não posso” lhe rouba o poder de decisão e, consequentemente, a responsabilidade pelos seus atos. O que por um lado pode ser mais confortável, por outro, sabota os seus objetivos pessoais.


Sempre que estou informando sobre alimentação e saúde, quando me perguntam se isso ou aquilo “pode”, eu respondo: pode tudo, depende dos seus objetivos.


Talvez muitos preferissem que eu prescrevesse uma dieta ou desse uma lista do que “pode” e o que “não pode”. Assim a responsabilidade das escolhas deles seria minha. Não, obrigada. Comida não é só bioquímica, eu sempre explico: comer é um ato social, cultural e, principalmente, emocional. Só você mesmo poderá considerar todas essas questões e decidir, a cada momento, se um alimento é adequado ou não. Além disso, como provam os estudos, permanecer dono de seu poder de decisão é o que traz os melhores resultados no final.


E já que está provado que a escolha de palavras faz diferença, eis algumas sugestões melhores para algumas frases medonhas que eu escuto muito:

 

FRASE FRACASSANTE

TROQUE POR

“Mudar hábitos é muito difícil!”

Mudança de hábitos é um processo gradual. Estou caminhando. Adoro evoluir!

“Eu não consigo deixar de comer ____!”

Eu ainda não estou pronto(a) para deixar de comer ____.

Um dia ____ vai deixar de me atrair.

“Eu não consigo fazer isso!”

Estou me trabalhando. Um dia eu vou fazer isso sem esforço.

“Tem que ter muita força de vontade!”

Minhas preferências e vontades vão mudar.

“Eu tenho___ (doença “x”).”

Eu estou revertendo sintomas de ___.

“Eu não posso comer ____!”

Eu não vou comer ____.

 

Enfim, procure frases que ressaltem a transitoriedade da situação que você quer mudar e/ou o seu poder de mudar alegremente. Isto é, se você quer, de fato, mudar e não apenas dar uma satisfação àqueles em sua volta que querem que você mude.


Embora as palavras geralmente reflitam atitude, elas também influenciam a atitude de quem as profere. Portanto, lembre-se que as palavras importam em qualquer situação e podem determinar a permanência ou a superação de um padrão mental, um mau-hábito ou uma situação indesejável.

 


Fonte

Mercola.com

 

 

 

« Veja todas as notícias

Visita Virtual Fotos Testemunhos Perguntas Frequentes
Sítio Serra Verde, Catimbau, Buique - PE
Fone: 87 99904.8080 (Tim/Whatsapp)